Sobre várias matérias



Revolução de 1848 - Primavera dos Povos

Antecedentes:  

  • Com a Rev. de 1830, a França passa a ser governada por Luis Felipe, que se mostra um rei liberal e ligado a burguesia. No entanto, mais ao final de seu governos, Luis Felipe, ajudado por seu ministro Guizot, começa a tomar medidas conservadoras como proibir a liberdade de imprensa e expressão. 
  • Incomodada, a população começa a organizar banquetes, nos quais secretamente era discutido política, economia e outros assuntos proibidos pelo rei. 

Estopim:  

  • Guizot, descobre um banquete marcado para fevereiro de 1848, no qual seriam discutidas suspeitas de corrupção do próprio Guizot, e o proíbe. Indignada a população se revolta.

Conclusão: 

  • Em uma reação violenta, a população consegue a abdicação de Luis Felipe, e instaura um governo provisório, a II República Francesa.
  • Várias ideologias participavam desse movimento. E o governo provisório, pressionado pelo proletariado, toma algumas medidas sociais, como combate ao desemprego, e por isso esse pequeno período do governo é chamado de República Social.
  • A população embora fosse a favor de medidas sociais, temia uma radicalização por parte do proletariado, e quando ocorre as eleições para câmara os burgueses ganham. Isso gera grande insatisfação do operariado, que tenta se revoltar mas é duramente reprimido.
  • Nas eleições presidenciais, Luís Bonaparte, aproveitando-se da fama de seu tio Napoleão Bonaparte, é eleito com maioria dos votos. Instaurando um governo totalmente liberal e burguês.
  • A burguesia, temendo que, nas eleições futuras, um governo que não a favorecesse fosse eleito, incentiva Luis Bonaparte a dar um golpe de estado, se declarando imperador. Esse golpe, ocorrido em 1852, fica conhecido como ” 18 brumário de Luis Bonaparte” e assim Luis se denomina Napoleão III
  • Esses movimentos marcam definitivamente a ruptura com o antigo regime/Congresso de Viena e logo se espalham por toda Europa, significando um novo modelo de revolução, incentivando os ideais de nação e nacionalismo. Incentivou a unificação Italiana e Alemã, e diversos movimentos em outros países. Seu aspecto global e sua curta duração deram a essa revolução o apelido de Primaveram dos povos.
  • É a marca definitiva do fim do Congresso de Viena, e da ruptura entre burguesia e proletariado.


Notes
  1. re-ple-ta reblogged this from meusresuminhos
  2. thequeensofheart reblogged this from meusresuminhos
  3. meusresuminhos posted this